A Importância da Segmentação do Público-Alvo

Segmentação do Público-Alvo

Queres mais clientes para a tua empresa? As tuas campanhas não estão a fazer-te chegar às pessoas certas? Estás a gastar dinheiro em vão? Talvez seja melhor parares para pensar que o problema pode estar na segmentação do público-alvo… Por isso, pega num bloco de notas e está atento aos factos que te vamos apresentar:

Facto 1: Queres mais clientes para a tua empresa, mas não uns clientes quaisquer, certo? O objetivo principal é alcançar aqueles que se identifiquem com o teu produto ou serviço e que precisem realmente dele. Estas pessoas de quem não deves perder a vista, são o teu público-alvo! Logo, aqueles em que te vais querer focar ao segmentares as tuas campanhas.

Facto 2: Estás realmente a segmentar o teu público? A segmentação é um fator-chave para o sucesso das tuas campanhas e, claro, do teu negócio! Se não estás a segmentar, provavelmente, estás a gastar dinheiro em vão. Isto porque todos os teus esforços estão a divergir para vários lados, sem chegar até ao destino realmente importante. Mas, se souberes exatamente como segmentar as tuas estratégias, vais ser notado e vais atrair as pessoas certas. Desta forma, o público-alvo vai conter as necessidades que a tua marca vai satisfazer, e é a partir daqui que vais começar a gerar leads qualificadas, ou seja, pessoas qualificadas, que querem efetivamente o produto ou serviço que estás a vender.

Faz sentido? Então, agora vais perceber como é que podes segmentar o teu público-alvo, através de 2 processos essenciais:

– Estudo e análise de mercado

Em primeiro lugar, para dares início ao processo de segmentação do público-alvo, começa por analisar onde o teu negócio se insere no mercado, tanto no ambiente interno, como no externo. Ou seja, deves efetuar uma recolha de informação detalhada sobre a tua empresa e os teus concorrentes. Ao nível interno, conhecer exatamente a tua proposta de valor, como te posicionas e o que é que te distingue, para quem se destina o teu produto ou serviço. Ao nível externo, percebe o que é que os teus concorrentes estão a fazer e quais são as oportunidades em aberto para a tua empresa. No fundo, podes construir uma análise SWOT vai ajudar-te a ter uma visão mais concreta e organizada de como estás a atuar no mercado e, consequentemente, ao teres noção do teu desempenho, vais conseguir traçar estratégias direcionadas para o teu público-alvo.

– Definição do público a segmentar

Em seguida, quando compreenderes como é o mercado, onde a tua empresa atua e como funciona, está na altura de te focares nas seguintes questões: “Para quem desenvolvi o meu produto ou serviço? Quem é que tem interesse e procura a minha oferta?” Que necessidades é que o meu produto ou serviço resolve? Que solução ou soluções apresenta?”. Quando recolheres estes dados mais gerais, dá início ao processo de filtração. Aqui vais coletar informações específicas do teu público-alvo, como a idade, género, localização, poder de compra, se tem ou não filhos, entre outros. Tudo isto é importante para segmentar os clientes que te procuram e ainda não sabem que existes.

Estás pronto para economizar dinheiro e aumentar a tua taxa de conversão de clientes qualificados? A segmentação do público-alvo é a chave! Mãos à obra!

Artigos em tendência

E-commerce

Porque é que a tua empresa deve ter um e-commerce

Descobre as vantagens de criares um e-commerce.
presença online

Fazes parte dos 61% de empresas que ainda não estão online?

Conhece alguns dados sobre a presença digital das empresas em Portugal.
Análise Swot

Análise SWOT: O Ex-Líbris da Estratégia

Conhece a importância da análise SWOT na definição de uma estratégia de marketing.
LEAD

O que é uma Lead?

Descobre porque é que as leads são tão importantes no teu negócio.
E-commerce

E-commerce: 6 razões para começares a investir

Conhece os principais motivos pelos quais deves criar um e-commerce.
Clubhouse

Clubhouse: a rede social onde só entras com convite

O Clubhouse é a nova tendência das redes sociais. Mas será que veio para ficar?
Shape
Shape